17 de Setembro de 2012

publicado por Rogério Costa Pereira às 11:11
19 de Maio de 2012

pub

Ler a última notícia

Ministro Álvaro quer ultrapassar... «este coiso»

Santos Pereira referia-se ao problema do desemprego no Parlamento

Por: Redacção / FC  |  18- 5- 2012  17: 10

Álvaro Santos Pereira

É o chamado lapsus linguae com expressão pública. Durante o debate de atualidade realizado esta sexta-feira no Parlamento, o ministro da Economia entusiasmou-se e trocou o problema do desemprego pelo... coiso.

A «coisa» explica-se em breves palavras. Álvaro Santos Pereira falava aos deputados, tentando juntar vontades de todas as bancadas para tentar resolver um dos maiores problemas na crise que afeta Portugal.

O vídeo associado a este texto é a melhor forma de confirmar o lapso, mas ficam aqui registadas as suas palavras: «Eu desafio aqui o Partido Socialista a colaborar connosco na elaboração deste plano nacional de emprego, porque o desemprego não é uma preocupação deste Governo só, destas bancadas da esquerda, do Partido Socialista. O desemprego tem de ser uma preocupação de todos nós e todos nós temos de trabalhar em conjunto, sindicatos, patrões e partidos para conseguirmos ultrapassar este coiso... este problema».

Estamos no Facebookmais aqui

Programação - Semana de 19 de Maio a 25 de Maio

Toda a programação »

Media Capital | Prisa Media Capital Prisa
publicado por Rogério Costa Pereira às 04:03
17 de Março de 2012

[url=http://www.7is7.com/otto/countdown.html?year=2012&month=3&date=31&hrs=0&ts=24&tz=local&min=0&sec=0&lang=pt&show=dhms&mode=t&cdir=down&bgcolor=%23CCFFFF&fgcolor=%23000000&title=faltam]faltam[/url]
publicado por Rogério Costa Pereira às 23:46
24 de Setembro de 2011

 

Obrigado!

letra... )
publicado por Rogério Costa Pereira às 01:46
16 de Agosto de 2011

 

Tendo em conta o que sucedeu com o extinto perfil no facebook da pegada (eis a explicação para o fenómeno), a opção natural era – e foi – a de descontinuar (sempre quis dizer isto) a página de onde recebem esta mensagem e migrar os antigos amigos para uma nova fan page (tratava-se de um perfil que remontava à fundação do blogue, com 481 amigos, e que não poderíamos simplesmente eliminar).
Embora haja quem cumulasse as duas alternativas (perfil facebook e fan page), a verdade é que haverá bastantes que, nas últimas semanas, nos passaram a seguir apenas pela via da página que agora não mais será “alimentada”. Assim sendo, quem estiver nessa posição, e queira continuar a seguir a pegada pelo facebook, pedimos que entrem na nova página e cliquem em “gosto”.
Sendo certo que é razoável a opção do facebook, tendo em conta as regras que ora nos indicaram, mas não esquecendo que existem inúmeros blogues na mesma situação, só nos resta lamentar que este país ainda se vá (des)fazendo por bufos – sempre gostaria de saber que raio ganhou essa gentalha com a brincadeirinha, para além do auto-retrato que rabiscaram. No entanto, há que ser justo!, também a eles devemos o facto de termos agora cinco vezes mais seguidores do que antes. O nosso obrigado por isso e, porque não somos mal-agradecidos, assevero que só não deixamos o link para “O facho”, do Paulo de Carvalho, porque não demos com ele. Mas ide procurar, que parece ser mais ou menos a vossa cara.
Ao pessoal que ficou momentaneamente privado dos nossos posts, relembro que estamos mesmo ali ao lado. Até já!

publicado por Rogério Costa Pereira às 20:29
tags:
Setembro 2012
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
subscrever feeds
arquivos
mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
blogs SAPO